segunda-feira, 1 de agosto de 2016

COMO A PROGESTERONA E O ESTRADIOL PODEM INFLUENCIAR A SAÚDE SEXUAL FEMININA E MASCULINA

O estradiol (uma das três formas de estrogênio) é uma hormona feminina importante na regulação do ciclo menstrual, é essencial para o desenvolvimento e manutenção dos tecidos reprodutivos femininos, mas também tem efeitos importantes em muitos outros tecidos, incluindo o ósseo.

Nos homens os níveis de estrogênio são mais baixos do que nas mulheres, apresentando efeitos comportamentais, em que o aumento desses níveis são relacionados com uma redução do comportamento competitivo.


O estradiol é uma hormona tipicamente feminina antagonista à testosterona.
O seu efeito sobre a reprodução masculina é complexo. O estradiol é produzido nos homens por ação da aromatase (transformação de androgénio e estrogénio). A sua função é impedir a morte celular dos espermatozoides.
A segunda hormona feminina é a Progesterona, sendo produzida principalmente nos ovários.

O desequilíbrio na relação Testosterona x Estrogênio pode ter consequências fisiologicamente e psicologicamente negativas para os homens. O aumento de estrogênio traz riscos à saúde do homem, nomeadamente cancerígenos, de Hiperplasia Benigna da Próstata, bloqueio da ação da Testosterona, o que pode levar à diminuição da líbido e força erétil.  

A progesterona age em todo o corpo da mulher preparando-a para a gravidez. Também atua em diversas outras funções no organismo: ajuda na imunidade, reduz o inchaço e a inflamação, estimula e regula a produção da glândula tiróide e mantém os níveis de coagulação do sangue em valores normais.

Pode ser considerada também uma hormona antienvelhecimento, pois mantém os ossos fortes, produz colagênio e ajuda a manter o nervos a funcionar em níveis adequados.
Conforme a mulher envelhece os níveis de Progesterona e Estradiol começam a diminuir, isto conduz gradualmente a menopausa e menor produção de colagênio o que contribui para uma pele menos lisa e diminuição da capacidade do corpo criar novas células ósseas, o que pode levar à osteoporose.

A suplementação com Progesterona fornece alívio para o sintomas de calores e suores, acaba com a sensação de cansaço ou fadiga, melhora o sono e funciona como antidepressivo, melhorando o humor das mulheres em transição para a menopausa.


Níveis elevados tanto de Progesterona como Estradiol destroem o impulso sexual em ambos os sexos. Nos homens principalmente por reduzir a Testosterona e nas mulheres pode as tornar irritáveis e agressivas.    

Na mulher esse aumento dos níveis, principalmente da Progesterona, muitas vezes é causado pelo uso de pílulas anticoncecionais, o que as pode deixar mais favoráveis ao aconchego e contactos físicos acolhedores do que para a relação sexual em si.
As hormonas no nosso organismo são como uma harmoniosa orquestra, em que tem de haver sintonia e equilíbrio entre os diferentes elementos que a compõem.


Henrique Pedroso
Fisioterapeuta
henrique.pedroso@clinicadopoder.pt

Sem comentários:

Publicar um comentário