quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

9 DICAS PARA EVITAR GANHAR PESO NO NATAL

É típico nesta época intensificarem-se comportamentos de “descontração” e de excessos no que toca ao consumo alimentar. Além de uns quilos a mais, potenciam-se os riscos de paragens digestivas, de aumento de tensão arterial, de problemas cardíacos e de aumento da glicémia; como consequência diminui a energia, a vitalidade geral e até o poder sexual. 
Como ninguém é imune ao “ambiente guloso”, estas dicas podem ajudá-lo(a) a passar esta quadra com menor prejuízo. 

1 PEQUENO ALMOÇO DE REI

Se o jantar for abundante e tardio, regra geral, a vontade de tomar um bom pequeno almoço é pouca, no entanto inicia-se um ciclo de consumo exagerado durante o almoço e o jantar. Por essa razão, é sugerido começar os dias descontraídos com um bom e nutritivo “pequeno almoço”. Este deve incluir hidratos de carbono complexos (por ex. flocos de aveia, quinoa, batata doce, trigo sarraceno), proteína (por ex. 1-2 ovos escalfados), gorduras boas (por ex. abacate/coco) e frutas antioxidantes (por ex.: romãs/framboesas/mirtilos/abacaxi). 



2 NÃO ESQUEÇA OS VERDES

As proporções são a chave para impedir o mal-estar do corpo, o aumento de peso e o risco de desenvolver problemas mais sérios como AVC’s ou enfartes, por exemplo. Nesta época o consumo de carne, charcutaria e doces aumenta, se aumentar o consumo de couves, esparregados, saladas variadas e legumes salteados como acompanhamento, comerá relativamente menos alimentos tóxicos, terá digestões mais leves e como resultado o corpo desintoxicará mais rapidamente dos excessos. 

3 PROCURE PRODUTOS NATURAIS OU POUCO PROCESSADOS

Nesta época ficam ainda mais disponíveis diversos tipos de doçarias, refrigerantes e bebidas alcoólicas, pratos já confecionados, entre outros. Estes possuem doses ainda mais elevadas de açúcar, sal, gordura, conservantes e edulcorantes. Procure ingredientes frescos e aproveite para os confecionar calmamente em família. Opte pelos frutos secos oleaginosos ao natural (sem sal e/ou açúcar) quando pensar em petiscar. Dê preferência às carnes de pasto. Faça os seus doces de natal, preferencialmente utilize metade da dose de açúcar referida na receita – experimente optar por um açúcar mascavado ou de côco, que nutricionalmente são mais interessantes que o açúcar refinado (branco). Se os produtos processados contêm mais do que 4 ingredientes, já têm ingredientes demais! 

4 ABUSE DA CANELA DE CEILÃO

A canela de Ceilão, é uma espécie de canela de melhor qualidade (comparativamente à canela comum ou “canela cássia”) e que pode e deve ser consumida com mais frequência e quantidade. A canela do Ceilão, além de dar um sabor bom às frutas, chás e doçaria, ajuda a reduzir a taxa de glicémia, ou seja, os açúcares no sangue. É muito útil para proteger o corpo de picos elevados de glicémia em diabéticos e não diabéticos aquando do consumo de alimentos ricos em açúcar.

5 PROCURE FUGIR DE FARINHAS REFINADAS

Os doces da época têm principalmente como base farinhas refinadas. Reduzir o consumo de farinhas refinadas de trigo e centeio, que potenciam edema intestinal e aumentam os açúcares, é essencial para passar Dezembro e Janeiro sem precisar alargar o cinto das calças. O consumo diário é o mais preocupante. Além disso poderá optar por comprar as doçarias elaboradas com farinhas integrais ou até confecionar os seus bolos preferidos substituindo algumas farinhas. Por exemplo, substitua as farinhas de trigo por farinha de espelta integral ou farinha de arroz.


6 NÃO BEBA MUITOS LÍQUIDOS À REFEIÇÃO

Preferencialmente deve evitar os refrigerantes (com ou sem açúcar) e as bebidas
alcoólicas, no entanto se beber, faça por não ingerir mais do que 1 copo durante a refeição, o mesmo vale para a água. Tal pode dificultar muito a digestão, aumentando o risco de paragem de digestão e refluxo, sem falar no “catastrófico” peso calórico que se sentirá uns dias depois na balança, pelas gramas de açúcar e/ou álcool excedentes. Se sentir sede opte por tomar chá morno ou como saladas frescas e ricas em água, que incluam: tomate, pepino, talos de aipo e/ou beterraba crua.

7 TOME SUMO DE LIMÃO 

Durante 1 ou 2 semanas, seguidas, tome sumo de 1 limão, com palhinha, em jejum.
O sumo de limão exerce uma ação desintoxicante no fígado e intestino. Torna-se muito útil para prevenir indisposições e refluxo depois das refeições, e previne que os valores de colesterol disparem em menos de um mês.



8 CONSUMA FIBRA TODOS OS DIAS

Que alimentos são ricos em fibra? Flocos de aveia, arroz integral, trigo sarraceno, quinoa, sementes de chia, linhaça, fibra Psyllium entre muito outros. Estes enumerados podem e devem ser consumidos todos os dias com o objetivo de saciar, prevenir picos de açúcar no sangue, o aumento de colesterol, manter a flora intestinal saudável e prevenir fenómenos depressivos. Consuma os alimentos ricos em fibra como acompanhamento ao prato principal, misturados nas doçarias ou em batidos de fruta.

9 MANTENHA O MOVIMENTO

Sim, são dias de maior descontração, mas se tem boas rotinas de exercício físico, sejam no ginásio, a corrida ou a caminhada, mantenha-as. Aproveite os raios de sol que aparecerem e a companhia de familiares para manter o corpo em movimento. O movimento melhora o corpo e mente e ajuda-o a gastar algumas calorias de modo a começar bem o próximo ano.


Estas são as dicas da nutricionista Inês Pereira, que lhe permitem terminar este ano e iniciar o próximo com mais energia e menos quilos extra.



Sem comentários:

Publicar um comentário