segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

COMO ATIVAR O SEU GENE ANTI-ENVELHECIMENTO?

Boa tarde a todos! Para abrir uma das nossas 5 categorias de publicações sobre as temáticas de “Antienvelhecimento e Genética”, disponibilizamos, tal como prometido no post da nossa página no Facebook, com o título "COMO ATIVAR O SEU GENE ANTIENVELHECIMENTO?", a versão completa do estudo que revela dados interessantes sobre a relação entre o stress a influência que esse têm sobre o gene  Antienvelhecimento.

O STRESSE CRÓNICO é um assassino. Pode torna-la(o) 3 vezes mais suscetível a desenvolver a Doença de Alzheimer e pode causar depressão.
Mas as consequências não ficam por aqui…

A investigação mais recente mostra que o stresse crónico pode roubar-lhe anos de vida saudável por formas que podem ser inesperadas para si. Rouba a partir de um GENE pouco conhecido, que ajuda o cérebro, músculos e pele a manterem-se jovens. Este gene também ajuda a evitar a decadência física e mental.

Investigadores da Universidade da California, S. Francisco estudaram 90 mulheres que cuidavam de crianças autistas. Elas constituíram o grupo de “stresse crónico”, também foram constituídos grupos de “baixo stress” e de “controlo”.

Descobriram que mulheres sob stresse crónico tinham menos 12% deste gene anti – envelhecimento, chamado “KIOTHO” no seu sangue, comparado com o grupo de controlo, e, mulheres do grupo de “stresse” que tinham depressão moderada a severa – um indicador de stresse psicológico de longa duração – tinham ainda menos.

É normal que as suas reservas de “KIOTHO” diminuam com a idade… Mas estas mulheres tinham idades entre 30 e 50 anos. Isto significa que elas têm uma probabilidade muito maior de enfrentar riscos de saúde importantes mais tarde na sua vida.


E os homens não estão fora deste quadro. Outro estudo mostrou que níveis baixos de “KIOTHO” no sangue significavam mais sinais de envelhecimento no homem, tal como na mulher. Por outro lado níveis mais elevados podem ajuda-lo a reverter sinais de envelhecimento… e até uma vida mais longa.

Então como pode influenciar este importante gene Antienvelhecimento?
Primeiro, tem que reduzir ao máximo os seus níveis de stresse.
Estudos tem mostrado que exercícios com inspirações profundas podem reduzir o stresse e estimular o bom humor.

Outra forma de aumentar os níveis de “KIOTHO” é obter mais vitamina D3. Esta prática pode também manter afastada a calcificação dos seus vasos sanguíneos por acumulação de cálcio um - sinal comum de baixa de “KIOTHO”. Deve querer obter pelo menos 5000 UI (Unidades Internacionais) por dia de suplemento de alta qualidade. Mas pode obter mais – cerca de 10000 UI – pela exposição direta à luz solar durante 10 minutos.

O impacto da dieta, estilo de vida, exercício e ambiente na nossa constituição genética individual não deve ser subestimado.

Este estudo mostra-nos como o conhecimento do modo como os nossos genes são ativados por fatores internos (e externos), permite ter a capacidade de promover o desenvolvimento de tratamentos mais eficazes e altamente personalizados. Independentemente de estar a sofrer de uma doença crónica ou estar no nível mais elevado de aptidão física, o seu perfil genético poderá revelar chaves essenciais para adequação dos tratamentos e do estilo de vida.

Sem comentários:

Publicar um comentário