sexta-feira, 22 de junho de 2018

TRATAMENTO DE VITAMINA D E ARTRITE REUMATÓIDE

A artrite reumatóide (AR) é uma doença autoimune que resulta em inflamação crónica predominantemente das articulações flexíveis. A AR afeta até 1% da população adulta em todo o mundo. A degeneração óssea, ou osteoporose, é uma característica da doença.

Um estudo publicado na revista Rheumatology percebeu que os níveis de vitamina D estão significativamente associados com a atividade da doença, os níveis de citocinas inflamatórias e perda óssea em pacientes com artrite reumatóide.


Vários estudos mostraram que, em comparação com controlos saudáveis, os pacientes com AR têm níveis mais baixos de vitamina D. Alguns estudos por observar a relação entre os níveis de vitamina D e a atividade da doença AR encontraram uma associação entre os dois.

A pesquisa determinou que a vitamina D trabalha com o sistema imunológico por regular as células imunes que produzem proteínas inflamatórias ou anti-inflamatórias chamadas citocinas. A interleucina-17 (IL-17) e a interleucina-23 (IL-23) são duas citocinas pró-inflamatórias que estão implicadas na resposta inflamatória em doenças autoimunes. Estudos demonstraram que níveis aumentados dessas citocinas estão associados ao aumento da atividade da doença com AR, mas não há evidências que demonstrem que apenas a carência de vitamina D está a causar a produção dessas citocinas em pacientes com AR, percebe-se que é uma patologia multifatorial.

Recentemente, o Dr. Qiong Hong e colegas conduziram um estudo para comparar os níveis de vitamina D com os níveis de citocinas, a gravidade da doença e o grau de perda óssea em pacientes com AR. Eles visaram determinar se os níveis de vitamina D estavam associados a qualquer um desses fatores relacionados à AR.

O estudo incluiu 130 pacientes, com AR recrutados num hospital na China, que foram comparados com 80 indivíduos saudáveis escolhidos aleatoriamente da comunidade local. Todos os pacientes com AR foram classificados em três grupos de acordo com o Score de Atividade da Doença em 28 articulações (DAS28): baixo (DAS28 <3,2), moderado (DAS28 <3,2-5,1) e grave (DAS28> 5,1). O DAS28 é uma medida quantitativa da atividade da doença usada para monitorar o tratamento da artrite reumatóide. Além do DAS28, outras medidas quantitativas usadas para avaliar a atividade da doença foram tomadas. Estes incluíram o tempo de rigidez matinal, contagem de articulação dolorosa (TJC), contagem de articulações com edema (SJC) e pontuação do Health Assessment Questionnaire (HAQ). Um aumento nessas medidas indica aumento da gravidade da doença. Foram avaliados os níveis de vitamina D, IL-17 e IL-23, densidade mineral óssea (DMO) e degeneração óssea também foram realizadas.

A equipa de pesquisa queria ver como a presença de vitamina D estava relacionada à IL-17 e IL-23, gravidade da doença e perda óssea em pacientes com AR. As análises estatísticas mostraram os seguintes resultados:

• Os pacientes com AR apresentaram níveis significativamente mais reduzidos de vitamina D em comparação com os controles.
• Os níveis de vitamina D foram significativamente associados negativamente com DAS28 (atividade da doença), tempo de rigidez matinal, TJC (contagem de articulação dolorosa), SJC (contagem de articulação com edema) e score do Health Assessment Questionnaire.
• Os níveis de vitamina D foram significativamente associados negativamente com os níveis de IL-17 e IL-23.
• Nos pacientes com AR, os indivíduos com osteoporose e osteopenia apresentaram níveis significativamente mais baixos de vitamina D do que os pacientes com DMO normal.


A suplementação com altas doses de vitamina D3, para o efeito do tratamento para doenças autoimunes e outras, tem mostrado efeitos benéficos significativos ao redor de todo o mundo. Este tratamento deve ser aplicado com o acompanhamento de um médico especialista nesta terapia especializada. Além disso, nesta terapia é exigida uma alimentação específica que visa nutrir o organismo da melhor forma e não contrariar o tratamento, causando efeitos negativos.

Drª Inês Pereira
Nutricionista
ines.pereira@clinicadopoder.pt

Saiba mais sobre o tratamento com Vitamina D!

Consulte Poder da Vitamina D!

VIVA COM SAÚDE, PODER E QUALIDADE DE VIDA!

GOSTE E PARTILHE MAIS E MELHOR SAÚDE!


Referências técnicas e científicas:

  • Hong, Q. et al. Associations between serum 25-hydroxyvitamin D and disease activity, inflammatory cytokines and bone loss in patients with rheumatoid arthritis. Rheumatology, 2014.

Sem comentários:

Publicar um comentário